Gestão e escola: uma interface possível?

Atualizado: 6 de Jul de 2020

Quando pensamos em escola, muito provavelmente imaginamos professores e estudantes, certo?


Embora a função principal dessa instituição seja, de maneira geral, o ensino (por parte dos professores) e a aprendizagem (por parte dos alunos), talvez possamos incrementar a compreensão de como esse processo ocorre em uma sociedade.


O dia-a-dia escolar exige uma administração de fatores como: tempo, calendário, espaços, pessoas e até dinheiro! Dessa forma, gerir é uma palavra que frequentemente aparece interligada com as decisões didáticas, curriculares e pedagógicas dos profissionais que atuam nesse ambiente. Os diretores, coordenadores, supervisores, secretários, administradores, vigilantes e orientadores educacionais, entre outros profissionais, normalmente são os elos de ligação entre a escola e as decisões administrativas que conduzem ao funcionamento adequado de toda a dinâmica!


Em uma instituição de educação profissional e tecnológica esse quadro torna-se bastante intenso, já que o tipo de formação oferecida envolve muitas particularidades de orçamento, investimento em mobiliário, arranjo de espaços físicos, formas de acesso da comunidade e tantas outras!


Como o gestor escolar lida com isso?



Lembre-se que este blog é um espaço de construção coletiva! Dessa forma, você pode comentar quando quiser, no momento em que se sentir mais confortável e da maneira como considerar mais válida!

6 visualizações0 comentário